Benefícios fiscais de se adotar instituições com foco em saúde

Benefícios fiscais de se adotar instituições com foco em saúde

Trabalho com comunicação institucional faz alguns bons anos e, em minha trajetória, não tinha visto período mais fértil para inovar na empresa como o que vivemos agora, principalmente quanto a parcerias.

A partir do momento que compreendi a potência do Marketing Social nesse novo contexto, logo comecei a estudar como viabilizar, do ponto de vista financeiro, o apoio ao Instituto Ronald McDonald – organização que minha equipe e eu escolhemos adotar, cuja causa e atuação estavam bem alinhadas aos nossos valores e propósitos.

Nessa sucessão de pesquisa, descobri os benefícios fiscais para empresas que apoiam causas sociais.

Porém, antes de falar deles, dou um passo atrás e esclareço aqui outros conceitos e informações úteis para você que deseja investir em responsabilidade social.

Renúncia Fiscal

Como o nome já indica, a renúncia fiscal diz respeito ao montante de dinheiro arrecadado via imposto do qual o poder público abre mão.

Mas por que fariam isso?

O valor renunciado, calculado com base no tributo a ser pago por empresas ou pessoa física, é redirecionado para projetos e ações pontuais, por exemplo, de cunho social.

Trata-se de uma estratégia de fomento a atividades capazes de gerar benefícios à sociedade como um todo.

Programas de Incentivo Fiscal

Eu diria que os programas de incentivo fiscal são a organização desse redirecionamento de recursos.

Há programas que acolhem projetos culturais, da área da saúde, e por aí vai.

Ou seja, se uma empresa está interessada em redirecionar parte do dinheiro dos seus impostos a uma organização que luta por determinada causa – como a cura do câncer infantojuvenil – deve recorrer aos programas de incentivo fiscal referentes ao setor e, portanto, pelas instituições inscritas neles.

O Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) é um bom exemplo. Através dele, as empresas podem investir, especificamente, em organizações que atuam na prevenção e no combate ao câncer destinando até 1% do Imposto de Renda.

Observamos aqui que há programas federais, estaduais e municipais, e cada esfera renuncia a um montante de tributo que lhe é correspondente.

A título de curiosidade:

  • Programas federais: CSLL, IR, IRPJ
  • Programas estaduais: ICMS
  • Programas municipais: IPTU, ISS

Benefícios e Contrapartidas

Pronto. Agora sim chegamos aos benefícios, e falo com propriedade de causa.

Apoiar o Instituto Ronald McDonald via incentivo fiscal tem significado, para a empresa com a qual colaboro, tanto a aproximação do nosso público-alvo, quanto mais visibilidade e credibilidade no mercado.

  • Ao fecharmos essa parceria, nossa marca passou a ser divulgada nas plataformas de publicidade do Instituto (sites, banners, folders), sem que pagássemos pro mídia.
  • Também recebemos um selo diferencial; passamos a ser reconhecidos como uma “Empresa Solidária”. Começamos “Benemérito”, hoje somos “Prata”.
  • Conforme avançamos nessa relação, engajamos nossos funcionários, conquistamos motivação da equipe.
  • E não posso deixar de mencionar o crescimento da rede de contatos e influência, já que acabamos nos aproximando de outras grandes empresas que também apoiam as iniciativas do Instituto, como a Coca-Cola, a Icatu Seguros e a Arcos Dourados.

Todos esses ganhos, alcançamos com redirecionamento de recursos, e não a partir de investimentos faraônicos, desses que comprometem a saúde financeira da companhia.

Outras formas de colaborar

À medida que a empresa “sente na pele” – e no bolso – os benefícios da parceria com o Terceiro Setor, amadurece sua gestão de recursos, fica mais sensível às oportunidades tão diversas da atualidade e às demandas dos consumidores.

Entende que pode atuar em diferentes frentes, de forma complementar, como em participações de eventos beneficentes e campanhas.

No último McDia Feliz, por exemplo, compramos tickets antecipados e distribuímos para nossos colaboradores – todos saíram ganhando.

Do mesmo jeito que aconteceu comigo, espero que os esclarecimentos ajudem você a fazer do seu negócio um ator na construção de uma sociedade melhor.

Você pode gostar também de …

Publicar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com um * são obrigatórios.