Deposite amor nos Cofrinhos do Instituto Ronald McDonald

Deposite amor nos Cofrinhos do Instituto Ronald McDonald

Todas as vezes que estou arrumando a casa vou catando as moedinhas que deixamos espalhadas. Elas são ótimas, completam o dinheiro da feira, do ônibus, da padaria…

Meus filhos também ficam de olho nelas. Cada um tem uma caixinha para guardar o seu dinheiro. Juntamos durante o ano todo e em dezembro descobrimos o quanto conseguimos poupar.

No dia a dia nem percebemos, mas com o pouquinho que depositamos lá toda semana já conseguimos realizar vários desejos.    

Este ano, nossa rotina mudou muito com tudo que aprendemos no Instituto Ronald McDonald.

Fiquei muito orgulhosa quando meu caçula sugeriu:

“Mamãe, dessa vez vamos levar pro cofrinho do McDonald’s para ajudar os amigos da Myrela?”

Não é lindo? Eles resolveram contribuir com os Cofrinhos do Instituto Ronald McDonald.

A equipe do Instituto Ronald McDonald usa as moedinhas para apoiar a causa do câncer infantojuvenil.

Somado às outras doações, como as do McDia Feliz, eles ajudam milhares de crianças, adolescentes e suas famílias que enfrentam o câncer infantojuvenil.

É essa rede de apoio que faz tudo acontecer. Uma pequena atitude, como doar o troco do lanche ou do sorvete, faz uma enorme diferença.   

Por traz de cada moedinha

Você sabia que com R$ 0,80 você pode ajudar uma criança a passar 1 dia no Espaço da Família de um Hospital?

Eu e os meninos ficamos muito felizes em saber que conseguimos juntar o suficiente para atender 100 crianças. É incrível conseguir fazer tanto com tão pouco. É menos de R$ 1,00!

Além disso, também ficamos sabendo que nossa doação mensal de R$35,00 pode custear a diária de 5 crianças em uma UTI oncológica.

São tantas as ações do bem que podemos construir apenas juntando os nossos “quebradinhos”.

O Instituto Ronald McDonald trabalha tentando para viabilizar desde o diagnóstico precoce e todo atendimento integral para a criança e as famílias. Por isso, os projetos são pensados para que os pais e as crianças se dediquem ao que é essencial: a cura.

Nosso troco já tem destino certo, e o seu?

Comentários: 0 / Compartilhar:

Você pode gostar também de …

Publicar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com um * são obrigatórios.