Como Atuamos

destaq_como_atuamos

Nossa Causa

No mundo todo, o câncer é a segunda doença que mais mata, precedida apenas por doenças cardiovasculares. Segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2030, o câncer deverá vitimar 12 milhões de pessoas. No Brasil, a doença é a primeira causa de mortalidade na faixa etária entre 0 a 19 anos.

É neste contexto que o Instituto Ronald McDonald atua: em benefício do adolescente e da criança com câncer, trabalhando em conjunto com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope), a Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer (Coniacc) e com mais de 80 instituições parceiras em todo o Brasil.

Segundo o Inca, se há 30 anos a chance de cura era de 15%, atualmente pode chegar a 85%. Nos últimos anos, os avanços em prevenção, detecção precoce, tratamento e controle do câncer ganharam novas perspectivas. Mas muito ainda precisa ser feito para que crianças e adolescentes com câncer possam ter mais saúde e qualidade de vida. Por esta razão, é preciso consolidar e ampliar os programas desenvolvidos pelo Instituto. Vencer este desafio depende da participação de todos. Esta é a nossa causa!

 


A opinião de nossos parceiros

“Temos imensa satisfação em fazer parte da história do Instituto Ronald McDonald com a maior ação de mobilização no Brasil no combate ao câncer infantil e juvenil. Ao longo dos últimos 26 anos, os recursos obtidos com o McDia Feliz – cerca de R$ 206 milhões – já viabilizaram a implantação de unidades de internação, ambulatórios, salas de quimioterapia, casas de apoio e unidades de transplante de medula óssea, entre outros projetos. Isso tudo faz parte do engajamento de todos os envolvidos em prol da causa: funcionários, fornecedores e franqueados”.

Paulo Camargo, presidente do Conselho de Administração do Instituto Ronald McDonald e presidente da Arcos Dourados Brasil

“Há mais de 15 anos, o Instituto Ronald McDonald Brasil tem sido um líder na ajuda a famílias que precisam de assistência médica para o câncer infantil e juvenil. O trabalho inclui apoio com o Programa Casa Ronald McDonald e investimentos para reforçar a infraestrutura das instituições que cuidam de adolescentes e crianças com câncer. Os resultados são impressionantes: aumento do diagnóstico precoce e melhora na qualidade dos tratamentos”.

Janet Burton, diretora da Ronald McDonald House Charities

“O Primeiro McDia Feliz foi uma sementinha. O Segundo já foi melhor do que o primeiro. O Brasil é o maior McDia Feliz do mundo em termos de arrecadação e quantidade de Big Mac vendido”.

Rogério Barreira, vice-presidente de Operações da Arcos Dourados Brasil

“Como sempre, o evento é um grande exemplo de como podemos melhor a vida daqueles que necessitam de um cuidado especial como as crianças e adolescentes atendidos pelo Instituto Ronald McDonald. Parabéns a todos os envolvidos na organização”.

Wanderley Tadeu Ferreira, sócio da Ferreira Rodrigues Sociedade de Advogados

“Acompanhar os 16 anos de história do Instituto Ronald McDonald é também ver de perto as grandes mudanças que ocorreram no cenário do câncer infantil e juvenil. Por meio de diferentes iniciativas realizadas ou por eventos da instituição que apoiamos, como o Jantar de Gala e o McDia Feliz, observamos o compromisso do Instituto Ronald McDonald com a causa e, consequentemente, o seu crescimento e a sua consolidação enquanto uma instituição de credibilidade com uma atuação nacional pela vida de adolescentes e crianças com câncer.”

Claudio Gekker, diretor de Operações América Latina da ARYZTA l FSBFoods

“Ser uma empresa comprometida com causas do bem – esse é o objetivo da Avianca, que procura ir muito além de sua função como companhia área. Acreditamos em parcerias que tocam a consciência de cada passageiro que voa conosco. Com o Instituto Ronald McDonald, essa missão vem sendo muito bem cumprida: nossos viajantes abraçaram a causa e estamos muito felizes em contribuir para a causa do câncer infantil e juvenil.” 

Tarcísio Gargioni, vice-presidente Comercial, de Marketing e Cargas da Avianca

“Vocês me fizeram acreditar que cada moedinha, cada esforço vale à pena. Até aqui, sabia que era um trabalho sério, mas o sentimento é diferente quando se precisa e vê acontecer.”

Mariana Kikuti, funcionária do McDonald’s

“O Instituto Ronald McDonald é uma organização de muita credibilidade, especialmente pela forma como atua, sempre baseado em pesquisas e apoiado por relatórios. A instituição não hesita em ampliar os horizontes quando se trata de estratégias de combate ao câncer infantil e juvenil. A sociedade brasileira já está colhendo os resultados dessas iniciativas, principalmente com o aumento do índice de cura do câncer infantil e juvenil. Como franqueado, eu me sinto orgulhoso em apoiar e trabalhar pelas ações do Instituto”.

Carlos Emílio Cavaliere Sartório, presidente da Associação Brasileira de Franqueados McDonald’s

“Como oncologista pediátrico, acompanho o trabalho do Instituto Ronald McDonald desde sua fundação há 16 anos. É muito gratificante ver a evolução de seus programas, os resultados e o compromisso de toda a equipe com a melhoria do tratamento e da qualidade de vida de adolescentes e crianças com câncer. Sei que ainda há muito que ser feito para curar ainda mais adolescentes e crianças com câncer, mas seja através das reuniões do Conselho Científico ou do Programa Diagnóstico Precoce do Instituto Ronald McDonald, vejo o empenho da equipe do Instituto em se aprimorar e tenho a certeza que estarão sempre apoiando a causa.”

Renato Melaragno, membro do Conselho Científico do Instituto Ronald McDonald e diretor da Sobope

“Tenho muito orgulho de ter participado da história da fundação da Casa Ronald McDonald e do Instituto Ronald McDonald. Não tenho dúvida de que a liderança, competência e total comprometimento do casal 20, Chico e Sonia, com os objetivos traçados, foram, são e serão fundamentais para o sucesso do projeto, transformando o cenário do câncer em crianças e adolescentes no Brasil e sendo considerado como referência em projetos similares no exterior.”

Mário César Pereira de Araújo, presidente do Conselho Científico e diretor presidente da MC Sistemas de Computação.




Instituições cadastradas no Instituto Ronald McDonald