Avanços nas obras das novas Casas Ronald McDonald em Barretos e Itaquera

Publicado 11 de março de 2016 em

Com previsão de inauguração para 2017, as cidades de Itaquera e Barretos receberão unidades do programa Casa Ronald McDonald em benefício de crianças e adolescentes em tratamento de câncer nos Hospital de Câncer de Barretos e no Hospital Santa Marcelina,
ambos no estado de São Paulo.

Um dos principais Programas Globais da Ronald McDonald House Charities é coordenado no Brasil pelo Instituto Ronald McDonald – o programa Casa Ronald McDonald. Com o conceito de ser “uma casa longe de casa” para adolescentes e crianças com câncer e seus familiares, que estão em tratamento fora de suas cidades de origem, as Casas Ronald McDonald oferecem gratuitamente hospedagem, alimentação, transporte e suporte psicossocial para os jovens pacientes e seus acompanhantes.

Dentro_pedra_2Lançamento da pedra fundamental da Casa Ronald McDonald em Barretos

A futura instalação na cidade de Barretos será a maior casa de apoio do país para crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer. A pedra fundamental de início das obras foi lançada em março de 2015, para garantir todo o conforto que os jovens pacientes merecem, a casa de apoio terá uma área construída de 3.262,72 m², contará  32 apartamentos e o apoio de voluntários. A nova unidade será a maior casa de apoio do país e receberá pacientes com acompanhantes, além de outros membros da família. Ou seja, a expectativa é acolher 36 crianças e adolescentes em tratamento e 104 acompanhantes. Esta iniciativa permitirá que pais, filhos e familiares permaneçam unidos durante todo o tratamento.

Inovação no acolhimento

Outra novidade será a disponibilização de apartamentos projetados especialmente para as populações indígenas, que possuem seus próprios costumes. Os apartamentos (feminino e masculino) terão camas e redes, e a cobertura lateral será realizada com palha para simular uma oca. Além disso, os quartos ficarão próximos de uma mata nativa existente no terreno da obra.

Considerado um dos maiores centros de tratamento oncológico do mundo, o Hospital de Câncer de Barretos conta com 380 médicos e 3,5 mil funcionários. O hospital recebe cerca de 10 mil novos casos da doença todos os anos. Em 2014 foram realizados 740.069 atendimentos, sendo 129.550  pacientes vindos de 1.756 cidades de todos os estados do país – um recorde de cobertura.

O valor total da obra é de pouco mais de R$ 9 milhões, sendo que R$ 5 milhões foram investidos pelo instituto na construção e mobília da casa. O montante veio de doações recebidas por campanhas, como o McDia Feliz, Cofrinhos e do Invitational Golf Cup Instituto Ronald McDonald, que anualmente reúne praticantes do esporte em benefício da causa do câncer infantil e juvenil.

Casa Ronald McDonald São Paulo – Itaquera

Em parceria com a TUCCA – Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer, iniciaram no mês de outubro de 2015 as obras de construção da futura Casa Ronald McDonald São Paulo-Itaquera. O custo das obras está orçado em aproximadamente R$6.600.000,00 milhões. Quando concluída a Casa Ronald McDonald São Paulo – Itaquera terá 23 suítes e contará com uma área construída superior a 1.600m2 e irá acolher, principalmente, pacientes em tratamento multidisciplinar contra o câncer no Hospital Santa Marcelina. A Casa Ronald McDonald São Paulo-Itaquera possuirá área de lazer externa com jardim, brinquedoteca, adoleteca, biblioteca, lavanderia, sala de estudos, refeitório, além de uma sala multiuso para a realização de atividades com acompanhantes e voluntários.

itaquera_2Obras da nova Casa Ronald McDonald em Itaquera

De acordo com Francisco Neves, superintendente do Instituto Ronald McDonald, a garantia de uma boa estada em ambiente acolhedor e com as condições ideais para manutenção do tratamento, é fundamental que o adolescente ou criança com câncer tenha sucesso em sua recuperação. “Quando o paciente fica hospedado em uma casa de apoio evita-se a interrupção do tratamento, pois oferecemos toda a ajuda necessária, além do apoio prestado às famílias durante este momento delicado”, afirma o superintendente.

“Para nós é uma grande vitória iniciar a construção da Casa Ronald McDonald São Paulo – Itaquera, na zona leste paulistana. O perfil socioeconômico das famílias que atendemos é em sua maioria bastante vulnerável. Este programa vem ao encontro de nossa visão de assistir o paciente da forma mais ampla possível e contribuirá para aumentar a adesão ao tratamento, e assim, que crianças e adolescentes com câncer, beneficiados pela iniciativa, tenham maiores chances de cura”, afirma Dr. Sidnei Epelman, diretor da oncologia pediátrica do Hospital Santa Marcelina e presidente da TUCCA.

Ao se tornar uma Casa Ronald McDonald, a instituição recebe uma licença, uma certificação internacional da Ronald McDonald House Charities que reconhece os mais altos padrões de qualidade de atendimento e garante que o padrão de uma Casa Ronald McDonald seja o mesmo em qualquer lugar do mundo. Atualmente há seis unidades em funcionamento no Brasil: Rio de Janeiro (RJ), Santo André (SP), São Paulo/Moema (SP), Campinas (SP), Belém (PA) e Jahu (SP).


Instituições cadastradas no Instituto Ronald McDonald