Hospital das Clínicas inaugura Unidade de Onco-Hematologia Pediátrica

Publicado 22 de maio de 2011 em

Construção foi possível graças ao apoio do Instituto Ronald McDonald
Unidade ofertará 22 novos leitos a pequenos pacientes com câncer

O Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Instituto Ronald McDonald e a Fundação Sara inauguram no próximo dia 25 de maio uma ala cuja construção teve a participação de uma legião de voluntários. Trata-se da Unidade de Onco-Hematologia Pediátrica Prof. Marco Antônio Borato, destinada ao tratamento de crianças e adolescentes com câncer, e construída por meio da parceria com o Instituto Ronald McDonald. O projeto iniciado em 2008, recebe apoio do Instituto Ronald desde 2006, totalizando um investimento de R$ 1.230.660,15 na obra bruta e R$ 142.463,97 na humanização dos ambientes. Estes valores foram arrecadados por diversas campanhas, como o McDia Feliz e a campanha dos cofrinhos.

O McDia Feliz arrecadou recursos com a venda do sanduíche Big Mac (exceto impostos) para o Hospital das Clínicas da UFMG nos restaurantes McDonald’s de Belo Horizonte, Contagem, Betim, Ipatinga e Governador Valadares. Já a campanha dos cofrinhos, iniciativa que conta com a doação dos trocos dos clientes do McDonald’s, nos caixas de restaurantes da rede, totalizou R$561 mil. Além destas duas fontes de recursos, o projeto recebeu recursos do torneio de golfe do Instituto Ronald McDonald realizado em 2008, do Fundo Nacional e do Fundo McDia Feliz.

Unidade de Onco-Hematologia Pediátrica

Com capacidade para o atendimento médio mensal de 30 pacientes acompanhados pela Oncologia e 558 pela Hematologia , a nova unidade proporcionará aos pacientes infanto-juvenis de 0 a 16 anos com câncer mais conforto e segurança, minimizando o risco de infecções oportunistas.

A unidade tem 798,50 m2 de área total. Em 517,5 m2 , além da infraestrutura básica necessária há 22 leitos destinados à internação, sendo vinte deles distribuídos em quatro enfermarias com banheiros e dois leitos isolados com ar filtrado, destinada a pacientes recém-transplantados de medula óssea.

No espaço há ainda um refeitório, posto de enfermagem com rouparia, além de salas para material esterilizado, para prescrição médica, preparo de medicamento, expurgo e preparo de material. Outros 126 m2 foram destinados à estruturação administrativa da unidade e conforto da equipe assistencial e dos acompanhantes.

No 11º andar, foi construído um solário com 155 m2 destinado aos pacientes e acompanhantes, com acesso por uma escada interna ou por uma plataforma elevatória. Neste espaço foi instalada também uma brinquedoteca, com playground e equipamentos lúdicos diversos.

A estruturação da nova unidade, incluindo a brinquedoteca, foi possível graças ao Programa Atenção Integral do Instituto Ronald McDonald, iniciativa que tem como objetivo contribuir para a atenção integral à saúde de crianças e adolescentes com câncer e elevar as taxas de cura da doença. Junto com a Fundação Sara, o Instituto Ronald McDonald também contribuiu para a humanização dos ambientes com a instalação de painéis lúdicos, fornecimento de jogos e mobília para a brinquedoteca e a compra de poltronas para os acompanhantes, num total de R$142 mil. Os demais equipamentos necessários para o funcionamento da Unidade Onco-Hematológica foram viabilizados por meio de recursos do Fundo Nacional de Saúde (FUNASA).


Instituições cadastradas no Instituto Ronald McDonald