5 livros para crianças com câncer

5 livros para crianças com câncer

Seja para a família que vai ter que lidar com a doença e acompanhar o tratamento, quanto para os pequenos que vão ter que passar por todo o processo, a descoberta de um câncer não é fácil pra ninguém.

Uma forma de lidar a doença é trabalhando a inteligência emocional dos pais e pacientes e a boa notícia é que isso pode ser feito por meio da literatura.

Isso porque, ao lermos uma história, encontramos maior facilidade de nos colocar no lugar do outro e entender seus sentimentos, criando empatia e identificação.

Afinal, muitas vezes personagens refletem exatamente o que estamos pensando e sentindo, ajudando-nos a atravessar um momento difícil.

Pensando nisso, listei 5 livros para crianças com câncer que podem ser lidos pelos pais. Vamos à lista?

1. Somos Todos Extraordinários, de R.J. Palacio

Editora Intrínseca

“Todo mundo deveria ser aplaudido de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo.”

Publicada pela primeira vez em 2013, a história acompanha o carismático Auggie Pullman, um menino de dez anos com uma grave deformidade facial que começa a frequentar a escola e precisa lidar com a reação das outras crianças à sua aparência.

Este livro levanta a bandeira da inclusão e respeito às diferenças, mostrando que todos somos especiais. Sua versão para o público infantil motiva crianças com câncer a enxergar que as dificuldades e diferenças não são empecilhos para uma vida feliz.

2. O Menino do Dedo Verde, de Maurice Druon

Editora Jose Olympio

“Tistu é um menino diferente de todo mundo.O pequeno de olhos azuis e cabelos loiros, deixava impressões digitais que provocavam o reverdecimento e a alegria. As façanhas de seu dedo verde eram originais e um segredo entre ele e o velho jardineiro, Bigode, para quem seu polegar era invisível e seu talento, oculto, um dom do céu.”

Como o protagonista deste livro é expulso da escola por dormir em todas as aula, seu pai decide que ele aprenderia com a vida: receberia lições de pessoas que proporcionariam o conhecimento necessário para que se tornasse gente grande.

O Menino do Dedo Verde, de Maurice Druon, tornou-se clássico da literatura para crianças e jovens em todo o mundo exatamente por abordar questões relacionadas à ética e cidadania.

É o tipo de livro que tem o poder de tocar a todos de acordo com o momento que cada um está vivendo.

3. O Livro dos Sentimentos, de Todd Parr

Editora Panda Books

“Você pode sentir vontade de fazer muitas coisas, mas não guarde esses sentimentos só pra você. Compartilhe suas emoções com quem você ama.”

Não é porque algumas pessoas não expressam seus sentimentos que eles são inexistentes. Os pequenos sentem emoções negativas e positivas tanto quanto qualquer outra pessoa.

Entretanto, por ainda não compreenderem direito os sentimentos e não saberem “dar nome aos bois”, os adultos acabam nem sempre dando a atenção merecida para o que está dentro deles.

O objetivo deste livro é justamente mostrar que raiva, tristeza, mágoa, amor, felicidade são sentimentos universais. Não existe idade mínima para senti-los.

É ideal para crianças que estão enfrentando o câncer ou qualquer outra dificuldade, e para os papais e mamães confusos sobre como lidar com esses momentos.

4. Como Pegar uma Estrela, de Oliver Jeffers

Editora Salamandra

“O menino pensou que poderia sair voando na sua nave espacial, agarrar a estrela e pronto.”

Um livro poético, cheio de ilustrações, que fala sobre a importância de perseguirmos nossos sonhos, assim como o protagonista do livro que almejava conseguir, um dia, pegar uma estrela para si.

É fundamental durante o tratamento contra o câncer que tanto os familiares quanto as crianças não desistam de lutar pela cura. Com uma rede de apoio forte e estruturada, é mais fácil para o paciente entender que não está sozinho e que tem muita gente torcendo por sua recuperação.

Este livro fará todos refletirem sobre o que querem, o quanto estão dispostos a lutar por isso e como muitas vezes nossas conquistas não seguem exatamente a mesma direção que idealizamos.

5. Não Tenho Medo, de Todd Parr

Editora Panda Books

“Eu não tenho medo quando fico perto da mamãe.”

Com um estilo bem-humorado, Todd Parr estimula crianças a enfrentar seus medos e dizer “Eu não tenho medo!”.

Ótimo livro para os adultos lerem para crianças com câncer, pois ensinam a toda a família que a coragem é a chave para manter a coragem até o fim da batalha.

Todd Parr mostra que, independentemente da gravidade do problema, devemos ser incentivados a permanecermos fortes e prontos para recomeçar, com mais garra e bravura que nunca. É a própria história dos nossos heróis.

E aí, gostou das dicas? Deixe um comentário com sua opinião e outros livros que acredita que possam fazer a diferença! Se quiser, cheque nossa matéria com tudo sobre bem-estar para crianças e adolescentes com câncer.

Comentários: 0 / Compartilhar:

Você pode gostar também de …

Publicar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com um * são obrigatórios.