Retinoblastoma: o primeiro sinal pode estar a um passo da cura

Em essência, câncer é o nome dado para um conjunto de doenças que têm em comum a multiplicação rápida de células malignas. Elas crescem desorientadamente afetando o funcionamento de tecidos e órgãos. Existem diferentes tipos de câncer que se manifestam através de sintomas específicos. Este texto vai falar sobre um deles: o retinoblastoma.

Uma das características do retinoblastoma é que sua manifestação mais comum acontece nos primeiros anos de vida. Ou seja, afeta principalmente crianças. O  sintoma mais presente é o aparecimento de uma mancha branca na retina, chamada leucocoria. Geralmente, se destaca quando um flash ou feixe de luz incide na pupila, surgindo um reflexo branco no olho bem parecido ao olho de um gato. Isso acontece porque o retinoblastoma é um câncer que afeta a retina. Não se sabe ao certo se a doença é hereditária ou não, mas o fato é que ela é congênita, o que significa que já está presente desde o nascimento e pode estar relacionada com a formação do organismo.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

15 de fevereiro: dia mundial de apoiar sonhos

A cura do câncer infantil é considerada um “milagre moderno” devido ao aumento significativo nas taxas de sobrevivência, especialmente em países desenvolvidos. É sobre a data de hoje, o Dia Mundial do Câncer Infantil, que falaremos aqui.


Isso significa que a luta contra o câncer está ganha? Não. Porque o câncer infantojuvenil ainda é a segunda causa de morte em crianças de 1 a 19 anos no Brasil, perdendo apenas para causas externas.

Por isso, o Dia Mundial do Câncer Infantil é uma data extremamente importante: ela deve ser celebrada pelas oportunidades de conscientização.

Esta causa é do Instituto Ronald McDonald, sua, da sua vizinha, do seu primo e pode ser até mesmo da sua empresa. Porque esta luta é de todos nós.

O Dia Mundial do Câncer Infantil é celebrado no dia 15 de fevereiro. A data foi criada pela CCI, uma rede Internacional do Câncer Infantojuvenil que reúne 181 organizações de 88 países. Juntos, eles buscam conscientizar toda a sociedade da importância de falar sobre o assunto.

Embora o número de famílias que enfrentam o câncer seja alarmante, as chances de cura também alcançam taxas significativas quando o diagnóstico é realizado nos estágios iniciais e a criança é encaminhada adequada, com acesso a um tratamento de qualidade.

Mas então qual o grande desafio pela frente?

Listamos alguns dos desafios para os próximos anos:

  • 1. É preciso identificar a doença, com um diagnóstico preciso;
  • 2. Encaminhar o paciente adequadamente nos estágios iniciais;
  • 3. Garantir um tratamento adequado.

Como é possível fazer isso virar realidade?

Há 19 anos o Instituto Ronald McDonald se dedica a tirar todos esses objetivos do papel.

Por meio do Programa Diagnóstico Precoce já capacitou mais de 20 mil profissionais da saúde para suspeitas dos primeiros sinais e sintomas da doença e encaminhar para a melhor opção de tratamento nos estágios iniciais.

Com o Programa Atenção Integral, o Instituto apoia ações prioritárias de enfrentamento ao câncer infantojuvenil. Assim como, também se faz presente na construção de estruturas de atendimento oncológico.

Por último, com o Programa Espaço da Família Ronald McDonald e a Casa Ronald McDonald possibilitam que as crianças e adolescentes consigam estar ao lado de suas famílias durante todo o tratamento, com um lar e um espaço de acolhimento. Deste modo, elas podem encontrar todo o suporte para encarar os desafios da doença.

Uma sociedade unida por sonhos e futuros

Não existe, ainda, uma vacina contra o câncer ou um tratamento que leve à cura definitiva. E é neste contexto que organizações como o Instituto Ronald McDonald atuam somando forças com quem queira assumir este compromisso. Esta corrente já conseguiu realizar muitos sonhos, como o do Arthur e da Rafaela.

Se você acredita que você também pode ser um elo dessa corrente, no dia 15 de fevereiro, Dia Mundial do Câncer Infantil, dê visibilidade para esta causa. Use suas redes como ferramenta de engajamento e assine nosso manifesto em prol da luta contra o câncer infantojuvenil.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Você sabe o que é Tumor de Wilms?

Câncer é o nome atribuído a um conjunto de mais de 100 doenças. Elas se caracterizam pelo crescimento desordenado de células que, de forma prejudicial, afetam tecidos e órgãos, e a luta contra ela é diária.


São tipos diversos de câncer que se desenvolvem em diferentes partes do corpo. Os sintomas são variados e muitas vezes se confundem com outras doenças. Alguns são mais comuns em determinadas idades; é o caso do tumor de Wilms.

O tumor de Wilms se desenvolve nos rins de crianças e adolescentes, sendo um câncer característico da infância. Não se sabe ao certo o motivo do crescimento da doença no organismo.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

3 motivos para estar atento aos primeiros sinais do câncer infantil

Quando diagnosticado precocemente, o câncer infantojuvenil chega a 80% de chance de sucesso. Apesar do Instituto Ronald McDonald estar sempre trabalhando para levar informação aos médicos do sistema público de saúde, os próprios pais podem se atentar para os principais sinais e sintomas da doença e procurar ajuda tanto quanto antes. Leia mais sobre esse assunto abaixo e informe-se amplamente sobre o câncer no post tudo sobre o câncer infantojuvenil.


A infância é um momento de pura descoberta, fazendo cada dia um infinito de possibilidades. Mesmo que não seja o primeiro filho, mesmo que seja o terceiro, o quarto ou quinto, o brilho no olhar diante de dos aprendizados é sempre mágico. Não só mágico, como diferente, já que as experiências vão construindo uma história totalmente nova de uma pequena pessoa.

Não é que depois de crescidos essa magia se perca, ela ainda existe, mas os adultos vão se tornando mais sóbrios, sérios e desencantados.

Já para as crianças, essa alegria vai ganhando ainda mais cor a cada novo passo. A infância vai se fortalecendo nos pequenos detalhes, no desbravamento daquilo que é tão simples e corriqueiro. Por isso é tão fundamental proteger a liberdade de viver e poder sentir tudo isso. Prezar pelo tempo natural de se jogar em todas essas experiências.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Conheça a história de Edicleide: uma mãe que lutou pela vida de William na UTI

Caso de sucesso, o William chegou ao contato com os programas do Instituto ao ser diagnosticado com câncer. O menino espoleta não deixou a bola baixar e foi forte do início ao fim do tratamento. Hoje, encontra-se curado e sua mãe contou a história para o nosso blog. Aproxime-se da vida do William lendo abaixo e informe-se sobre o câncer no post tudo sobre o câncer infantojuvenil.


William corre de um lado para o outro, é um daqueles meninos espoletas. E, como todo espoleta, é também a alegria da casa: quando ele está, não tem espaço para baixo astral.

Conheci William pelos olhos de Edicleide, sua mãe, que comemorava feliz o novo corte de cabelo.

“Não está mais carequinha faz um tempo, já cortou o cabelo três vezes!”

Edicleide da Silva é mãe de uma criança que teve câncer e faz parte de uma das famílias que se aproximaram da cura depois de passar pelos programas apoiados pelo Instituto Ronald McDonald.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

UTI X Quimioteca: você sabe a diferença?

Quando o diagnóstico de uma doença chega, vem com ela uma lista de exames, medicamentos e procedimentos que antes eram desconhecidos do vocabulário. Talvez UTI e Quimioteca soem como sinônimos, porém não são. Explicaremos a diferença entre estes espaços aqui.


O câncer é uma dessas doenças que trazem terminologias bem específicas. Muitas delas se renovam constantemente, porque as pesquisas e os avanços tecnológicos são atualizados na busca pelo melhor tratamento.

Por isso, quando um filho pequeno recebe o diagnóstico do câncer infantojuvenil, uma enxurrada de dúvidas passam a fazer parte da vida dos pais. Infelizmente, a desinformação acaba gerando ansiedades e sofrimentos que desestabilizam de forma desnecessária a família e o paciente.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

O que é uma UTI pediátrica?

Todos nós já passamos por um hospital em algum momento das nossas vidas, seja para visitar alguém, fazer um tratamento ou até mesmo para realizar uma consulta de rotina. Nele, geralmente há um espaço específico para tratamentos intensivos. Essa é a UTI e é sobre ela que falaremos aqui.


No entanto, se você não trabalha em um, provavelmente conhece pouco sobre aquele universo e todos os recursos que lá existem. Por exemplo, já se perguntou o que é uma UTI pediátrica?

Em se tratamento de hospitais, é comum se deparar com termos desconhecidos que possam instigar curiosidade ou preocupação. A UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é um desses nomes, especialmente porque aparece com frequência no tratamento de várias enfermidades.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Setembro Dourado: todos juntos pela cura do câncer infantojuvenil

Provavelmente você já ouviu falar em outubro rosa, novembro azul, setembro amarelo, mas e setembro dourado? Assim como todas as outras, a campanha surgiu para alertar sobre um grande desafio enfrentado pela nossa sociedade.


O Setembro Dourado quer chamar a atenção para o câncer infantojuvenil e, principalmente, para a importância do diagnóstico precoce para aumentar as chances da cura. A ação liderada pela Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC conta com apoio e engajamento da Rede de instituições parceiras da oncologia pediátrica que de norte a sul do país atuam para disseminar a causa e mobilizar a comunidade para urgência do tema.

Falar sobre câncer infantojuvenil é, sobretudo, falar sobre tempo. O câncer nos mais novos, além de ser confundido com os sintomas de doenças mais comuns, desenvolve-se muito rapidamente. Isso ocorre porque o crescimento da criança estimula o crescimento do tumor. Logo, quanto antes diagnosticado, maiores as chances de cura.

Ao contrário do câncer em adultos, não podemos correlacionar sua ocorrência com fatores externos como atuantes diretos. Para as crianças essa relação não fica muito clara.  É por isso que o diagnóstico precoce é a melhor forma de conter os números alarmantes.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Saiba mais sobre as causas do câncer infantojuvenil

Por muito tempo o câncer foi associado a uma doença de adulto, como se sempre fosse resultado de um conjunto de fatores ambientais, genéticos e hábitos não saudáveis que desenvolvemos ao longo da nossa vida. Surpreendentemente, pesquisas indicam que, quando o assunto são crianças e adolescentes, este não é o melhor retrato. É apenas parte do contexto maior. Saiba tudo sobre o câncer infantil no post tudo sobre o câncer infantojuvenil


Na criança e no adolescente, ele costuma afetar células do sistema sanguíneo e tecidos de sustentação do corpo. Além disso, as causas do câncer são, na maioria das vezes, de origem embrionária.

É aí que encontramos tanto a maior dificuldade quanto a melhor solução. Como crianças estão em fase de crescimento, o desenvolvimento da doença é muito mais rápido e, ao mesmo tempo, mais propenso a bons resultados se diagnosticado precocemente e tratado adequadamente nos centros especializados.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

O poder do sorriso na vida dos pacientes

Aposto que você já escutou por aí que “rir é o melhor remédio'” Não é? Bem, por mais que um sorriso não cure sozinho, existe sim um fundo de verdade nesse ditado.


Quando a gente ri, nosso corpo recebe uma imensa descarga de benefícios que são essenciais pra qualidade de vida de qualquer um.

E que benefícios são esses, exatamente?

Tantos que ficaria até cansativo citar todos! A lista é longa, e se divide entre benefícios físicos, mentais e sociais.

De uma forma geral, quando a gente ri, nossa imunidade aumenta, os músculos relaxam, as dores diminuem, assim como os hormônios do estresse. Rir também diminui a pressão arterial, ajuda na digestão, na circulação e oxigenação do sangue, além de estimular a produção de endorfina — conhecida como o hormônio da felicidade.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar: