Aprendendo brincando: 4 dicas de desenhos infantis educativos

Esses dias estava no restaurante e fiquei observando como os pais de agora aproveitam as tecnologias para ocupar e distrair as crianças. É uma tática muito boa para as horas em que as brincadeiras de correr, pular e fazer bagunça precisam ser deixadas um pouco de lado.

Eu mesma fiz muito isso com meus meninos quando precisava trabalhar ou resolver alguma coisa. Afinal, que criança não gosta de uma televisão (ou de um celular), não é mesmo?

Confesso que às vezes me preocupava deles estarem assistindo muita televisão e jogando vídeo game. Mães acostumadas com as brincadeiras de rua ficam um pouco desconfiadas. Resolvi, por segurança e por curiosidade, pesquisar um pouco sobre o que estavam assistindo e foi então que me surpreendi.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Depois do McDia Feliz: motivo para continuar acreditando!

A vida é tão rápida que, às vezes, a gente passa por coisas incríveis, que nos marcam de verdade, mas depois acabamos atropelados pelo tempo e nunca mais voltamos a pensar sobre elas.

O McDia Feliz foi assim pra mim.

Há alguns anos, eu fui com meus filhos ao McDonald’s, justamente no último sábado de agosto. Naquele dia, fiquei impressionada com o trabalho desenvolvido pelo Instituto Ronald McDonald com as crianças e adolescentes com câncer.

Eu lembro que fui abordada por uma voluntária de um dos projetos apoiados pelo Instituto que era muito simpática, ela me falou tantos dados incríveis que eu não conseguia pensar em outra coisa. Afirmei: Claro! Vou pra em casa e fazer minha doação para ajudar o máximo que eu puder.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Histórias que compartilham força e inspiração

Hoje em dia, todo mundo está acostumado a compartilhar os  momentos  e suas histórias de felicidade nas redes sociais.

Fotos de viagem, das reuniões em famílias, das roupas novas, vídeos das festas… tantos sorrisos que a vida nas redes sociais parece só flores.

Sabemos que não é bem assim, e que a vida é cheia de altos e baixos. A tristeza também é parte importante dos nossos dias e nos ensinam muito. Compartilhar os acontecimentos traumáticos e difíceis da nossa vida também pode ser uma ferramenta de cura. É isso mesmo, além de ser uma forma de dar força para outras pessoas.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Feliz Dia dos pais aos que conhecem a força do amor

São muitas histórias impressionantes de dedicação materna pelos filhos. Várias mães deixam tudo para trás para lutar pelo futuro dos que amam. Na Casa Ronald McDonald já compartilhei várias delas e a cada novo relato uma comoção diferentemente forte inunda meu coração.

Mas, afinal, onde estão os pais nessas histórias?

O pai da Bruna estava lá na Casa Ronald de Moema, em São Paulo, ao lado das outras mais de 25 mães que contam com o apoio do Instituto Ronald McDonald.

Gisney Souza é um dos poucos pais que fizeram a renúncia de acompanhar bem de perto o tratamento dos filhos. Bruna tem 2 anos e já luta bravamente contra o câncer infantojuvenil.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

McDia Feliz: reescrevendo histórias com solidariedade

“Ele dificilmente vai sobreviver”

Foi com essa frase ecoando no coração que Edvânia saiu de Recife para conhecer a cidade das novelas: o Rio de Janeiro.

Não viu o Cristo, nem o Pão de Açúcar, muito menos se banhou nas águas de Copacabana. Edvânia desembarcou no lado norte da cidade e foi direto conquistar a cura do filho Gabriel.

No hospital do INCA, uma decepção somou-se a tantas outras que ela havia adquirido nos últimos meses.

“Eu cheguei no hospital e vi que eu era só mais uma mãe, desesperada, com o filho doente na fila de espera. Eu fiquei muito decepcionada.”

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Dicas de passeios: o que fazer com uma criança em tratamento

Nossa rotina é muito apertada. Eu mesma, como mãe, não paro um segundo. Tenho que deixar marcado na agenda os dias para relaxar, caso contrário, eu simplesmente me esqueço deles. Agora, já pensou como deve ser para pais de crianças em tratamento de câncer? A descoberta da doença traz uma rotina intensa que muda todo o planejado. O tratamento exige muitos cuidados, restrições e procedimentos que transformam por inteiro o dia a dia da família toda.

Descanso não é só ficar sem fazer nada. Os dias de diversão e felicidade nos transformam e renovam nossas forças. Assim como educação, saúde e moradia, o direito ao lazer precisa ser preservado como um direito básico do ser humano. Lazer é fundamental para o bem-estar do indivíduo e até mesmo para a saúde.

Leia mais →
Compartilhar:

5 benefícios de se ter um diário

Todo mundo tem um segredo, um sentimento só seu ou um pensamento que martela na cabeça e não sai. Às vezes não sabemos bem como e para quem falar…

Ter um diário pode solucionar aflições como essas e trazer melhorias para sua rotina, além de ajudar no autoconhecimento. Quer ver?

Leia mais →
Comentários: 1 / Compartilhar:

5 livros infantis para passar o tempo em família

“Ler faz muito bem!”

Já estamos mais que acostumados a ouvir essa frase, não é mesmo?

Mas você sabia que o ato de ler também reduz o stress, ajuda a dormir, desenvolve a criatividade e favorece a memorização? Qualidades ótimas para o aprendizado e o progresso escolar.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o gosto pela leitura não é um dom que só alguns têm. Ler é um hábito que adquirimos e vamos melhorando. Assim como fazer exercícios físicos, se alimentar de forma saudável ou dormir de modo regular.

Leia mais →
Comentários: 1 / Compartilhar:

O que não dizer para uma pessoa com câncer

Mesmo com os esforços das instituições em saúde oncológica para desmistificar o câncer, infelizmente, seu diagnóstico é uma realidade delicada para grande parte das pessoas.

Quando me aproximei das famílias dos projetos apoiados pelo Instituto Ronald McDonald, fui me familiarizando, mas muitas vezes as palavras me fugiam ao tentar dar algum apoio. Nestas horas, nem mesmo a maternidade me parecia uma boa ferramenta de diálogo.

Na ânsia por apoiar quem gostamos, dizemos coisas que reforçam pensamentos prejudiciais. Isso não significa que somos ruins e devemos nos afastar.

As rotinas de casas de apoio que fazem parte da rede beneficiada pelo Instituto, assim como as Casas Ronald McDonald não deixam dúvida sobre o poder curativo da presença de pessoas queridas na rotina de quem enfrenta a doença.

Porém, refletindo sobre essa fragilidade, resolvi deixar aqui 5 dicas que aprendi nestes últimos meses ouvindo frases ditas na melhor das intenções:

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar:

Passo a passo: como solicitar ajuda contra o câncer infantojuvenil

Todos os dias os jornais estampam as precariedades do sistema de saúde. Enquanto isso, nós torcemos e desejamos saúde para quem amamos. Pedindo todos os dias para não sermos os próximos a precisar de cuidados.

Mas, e quando acontece? Quando nossos pais, irmãos ou amigos passam por isso? Ou, o que é ainda mais doloroso: nossos filhos?

Todas aquelas hipotéticas vezes que pensamos sobre a possibilidade, torna-se real. E uma enxurrada de perguntas inunda nosso imaginário.

Leia mais →
Comentários: 0 / Compartilhar: