O poder dos alimentos: a nutrição e o bem-estar lado a lado

O poder dos alimentos: a nutrição e o bem-estar lado a lado

Não é curioso pensar no poder dos alimentos no nosso dia a dia?

Eles influenciam, inclusive, o nosso humor. Quem nunca ouviu falar naqueles que são mal humorados com fome?

Comer não ajuda apenas a manter o funcionamento do nosso organismo, mas também é um dos grandes prazeres da vida. As refeições em família são cheias de afeto, assim como as comemorações nas pizzarias e os jantares românticos.

O poder dos alimentos de revigorar o corpo e a mente

Pais de crianças e adolescentes com câncer se desdobram em mil para encontrar formas criativas de despertar o interesse dos pacientes pelas refeições. Um dos reflexos da própria doença no organismo e dos efeitos colaterais do tratamento é a falta de apetite. Isso acontece ao mesmo tempo que o corpo gasta muita energia tentando se recuperar, o que pode levar muitos pacientes à desnutrição, e ser muito prejudicial à cura. Além disso, é comum o tratamento causar náuseas, diarreia, alteração no paladar, e até mesmo dificuldades para mastigar e digerir os alimentos. É pelo bem-estar de aspectos como esses que o poder dos alimentos é tão eficaz.

Tentando amenizar cada um desses efeitos, nutricionistas indicam alimentos e práticas que facilitam no dia a dia, por isso que tê-los acompanhando essa rotina é extremamente importante.

Algumas dicas podem ajudar a manter uma alimentação saudável, nutritiva e prazerosa.   

  • Comendo aos pouquinhos

Sabe aquela recomendação de comer de 3 em 3 horas? Ela tem um papel muito útil na rotina de pacientes com câncer. Fracionar as refeições ao longo do dia faz com que cada porção fique menor, logo mais fácil de ser ingerida. Além disso, o estômago fica menos cheio, ajudando a diminuir os enjôos e náuseas.

  • Diversificando o cardápio

Se as batatas fritas e os doces são mais atraentes para nós adultos, imagina para as crianças e adolescentes? Esse é um grande desafio dos pais: convencer seus filhos a comer bem. O corpo quando luta contra uma doença como o câncer precisa estar fortalecido e, para isso, precisa de alimentos que forneçam os nutrientes certos. O segredo pode estar na variedade dos alimentos. A criatividade é uma ótima aliada para convencer os pequenos a comer melhor. Uma outra dica é fazer uma comida bem colorida, porque além de muito saudáveis, elas chamam a atenção da criançada.

  • Paciência e cuidado na hora de preparar

O cuidado no preparo dos alimentos é muito importante. Pacientes com câncer sofrem com imunidade baixa, o que exige uma atenção redobrada com tudo que pode causar novas infecções. É melhor evitar os alimentos industrializados, crus ou contaminados com agrotóxicos. Valorize os naturais e orgânicos.

  • Simplificando as refeições

Pensar a forma como os alimentos são preparados pode trazer muitos benefícios para pacientes com câncer. A doença afeta diferentes partes do organismo e causa efeitos diferentes em cada um. Por isso, o acompanhamento de um profissional ajuda tanto, pois prescreve o que melhor atende as necessidades de cada um. No geral, é sempre bom pensar em refeições que sejam fáceis de ser consumidas. Alimentos mais pastosos e líquidos favorecem a mastigação e a deglutição, assim como os mais frios reduzem as náuseas.

Manter uma boa nutrição evita que a doença ganhe forças.

Portanto, junto com os médicos e nutricionista, a alimentação de crianças e adolescentes com câncer é uma missão para toda a família

Comentários: 0 / Compartilhar:

Você pode gostar também de …

Publicar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com um * são obrigatórios.