Sonia Neves: a mãe que transformou dor e ausência em esperança

Sonia Neves: a mãe que transformou dor e ausência em esperança

O primeiro rosto a enxergar, a primeira palavra a dizer, o primeiro porto seguro que acalma. Mãe, o primeiro amor que aprendemos a sentir.

É impossível falar de mãe sem falar de amor, mas também é impossível falar de amor materno sem falar de compromisso e dedicação. Sem falar de luta.

É por isso que o Blog de Instituto Ronald McDonald escolheu falar sobre mães inspiradoras. Porque no mês de maio, quando dedicamos a homenageá-las, precisamos lembrar que ser mãe é uma caminhada simultaneamente afetuosa e exigente.

A matriarca do Instituto Ronald McDonald

Para começar essa série, não há nada mais emocionante do que ouvir as palavras da mãe que transformou a dor em trabalho. Receber a mensagem daquela que fez da ausência uma ferramenta de apoio a milhares de outras mães: Sonia Neves, a mãe do Marcos e do Carlos.

A história do Instituto é fruto da perseverança de Sonia em fazer com que a vida do seu filho mais novo não se encerrasse apenas na dor.

Em 1990, ela perdeu seu filho caçula, o Marquinhos, para o câncer infantojuvenil. Depois de anos de batalha, unindo forças, construindo uma corrente de amizade e fraternidade, Marquinhos não resistiu. Todo o esforço da sua família fez dessa história o primeiro capítulo de uma trajetória de dedicação, empreendedorismo solidário e sonhos. O Instituto Ronald McDonald, ao lado de muitos parceiros, mudou a realidade da oncologia pediátrica no Brasil. Sônia pode ajudar tantas outras mães inspiradoras a vencerem a doença que mais mata crianças e adolescentes no Brasil.

Hoje, nesta série, Sonia Neves manda uma mensagem às tantas mães que passarão o Dia das Mães encontrando forças para não desistir. Hoje, ela vem falar sobre uma maternidade que nem sempre é lembrada no segundo domingo de maio. Ela vem dizer a todos que ser mãe é uma missão árdua em que a vida é a melhor recompensa.

Nesses Dias das Mães, que tenhamos no coração a consciência de que a maternidade é uma caminhada que precisa ser percorrida junto, lado a lado. Que ao ser mãe nenhum manual de instrução diz como enfrentar as aflições, as culpas, as dores, as perdas. E, para isso, é preciso que todos nós vivamos a maternidade, não só no amor, mas sobretudo, nos compromissos.

O Instituto Ronald McDonald deseja a todas as mães um Feliz Dia das Mães repleto de esperança!

Comentários: 0 / Compartilhar:

Você pode gostar também de …

Publicar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com um * são obrigatórios.