Atados e Instituto Ronald McDonald: conectando voluntários para fazer o bem

Atados e Instituto Ronald McDonald: conectando voluntários para fazer o bem

Hoje em dia tudo é rede. Redes colaborativas, redes de compartilhamento, redes sociais, redes empresariais, redes de computadores… é um jeito novo que a gente encontrou de se organizar.

O mundo foi passando por várias transformações em suas formas de produção e nas relações humanas.

Os reflexos dessas mudanças levaram à necessidade de reinventar a maneira de resolver os problemas sociais que atingiam milhares de pessoas por todo o mundo. Foi então que iniciativas como a Atados fizeram tanto sucesso, pois uniram voluntários com causas importantíssimas.

Você já ouviu falar da Atados?

Eu fiquei bastante chocado quando descobri como eles conseguiram trazer uma solução tão criativa para um grande problema.

A gente sabe que as pessoas têm muita boa vontade para ajudar o próximo — pelo menos a maioria delas. Mas sabemos também que muitas delas não sabem muito por onde começar ou não conhecem quem precisa dessa ajuda.

A ideia da Atados foi elaborar uma ferramenta que aproxima quem precisa de ajuda de quem quer ajudar. Não é simples e incrível?

Eu fiquei muito animado! Lembrei que essa semana temos o Dia Internacional do Voluntário: uma ótima oportunidade de compartilhar com os amigos e fazer todo mundo participar.

Na Atados tudo acontece via internet, na página deles, onde as pessoas podem se cadastrar e oferecer suas habilidades para as causas sociais que mais se identificarem. Dá para ajudar de qualquer jeito.

Se você é advogado, pode ajudar oferecendo assessoria jurídica. Caso seja um comunicador, pode ajudar com a produção de conteúdo para as redes sociais.

Se você adora brincar com crianças, pode passar uma tarde fazendo isso. Agora, se você quer salvar o meio ambiente, tem várias formas de se envolver com essa causa também.

Como disse o André de Geus, um dos representantes da Atados, o engajamento contínuo pode ser um desafio para muitas pessoas, por isso, a Atados funciona para todo mundo que quer entrar para uma rede de voluntários.

Além disso, cada pessoa traz consigo suas próprias redes que podem abrir portas, inclusive, para o envolvimento de empresas.

Conexões do bem

Quando pessoas participam, mesmo que pontualmente, elas acabam conhecendo a causa e levando sua experiência para outras pessoas. O famoso boca a boca.

Muitas empresas se envolvem com ações solidárias a partir do envolvimento de algum funcionário que apresenta a causa para os dirigentes. Com isso, soma-se muitas novas mãos de apoio. Legal né?

O final do ano tem uma magia própria que faz muitas pessoas se mobilizarem pelo bem de outras. São atitudes que, no dia a dia de cada pessoa, acabam não exigindo nenhum sacrifício, mas que para cada projeto social faz uma tremenda diferença.

Que tal aproveitar a onda do Dia Internacional do Voluntário e dar um match com uma boa ação que seja a sua cara? A Atados pode te ajudar a encontrar a rede de voluntários perfeita, mas eu também tenho uma ótima dica! Seja voluntário de um dos projetos apoiados pelo Instituto Ronald McDonald, saiba como em nosso site.

Você pode ajudar o Instituto Ronald McDonald, fazendo uma doação pontual ou se tornando um doador recorrente. Venha fazer a diferença!

Comentários: 0 / Compartilhar:

Você pode gostar também de …

Publicar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos marcados com um * são obrigatórios.