close.png

Newsletter SignUp

Inscreva-se no nosso eNewsletter para ler histórias inspiradoras de nossas famílias e aprenda como seu apoio ajuda as crianças a se curarem.

  •  
  • Erro

    Não foi possível recuperar seus dados devido a um erro.

  • close.png thank_you.png
    OBRIGADO POR INSCREVER-SE

    Estamos muito satisfeitos por você ter decidido se juntar à nossa família. Hoje, você se juntou a um movimento global que permite que as famílias se concentrem no que é mais importante - o filho doente - enquanto cuidamos do resto!

    Seus amigos na Ronald McDonald House Charities
     

    Como Usamos os Recursos

    Realizações

    Confira alguns dos projetos realizados pelo Instituto Ronald McDonald em parceria com instituições de todo o Brasil.

     

    Casas Ronald McDonald – são casas de apoio onde pacientes oncológicos e acompanhantes que precisam mudar de cidade para o tratamento podem ficar por quanto tempo necessitarem As Casas Ronald McDonald são um programa global e por isso seguem as melhores práticas de acolhimento, humanização e suporte para seus usuários.

     

    Espaços da Família – Outro programa global coordenado no Brasil pelo Instituto Ronald McDonald: consiste em oferecer um lugar humanizado dentro de unidades hospitalares onde as famílias possam descansar ou se distrair durante os procedimentos num mesmo dia.

    Capacitação de profissionais da Estratégia Saúde da Família e Sistema Único de Saúde – a forma mais efetiva de enfrentar o câncer em crianças e adolescentes é o diagnóstico precoce da doença. Ao identificar essa demanda prioritária, o Instituto Ronald McDonald desenvolveu o Programa Diagnóstico Precoce, em parceira com o Instituto Nacional de Câncer (INCA) e a Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope). O programa funciona com a capacitação de profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF), bem como médicos do Sistema Único de Saúde (SUS) que sejam referência para o atendimento de crianças e adolescentes. Os casos suspeitos são encaminhados para serviços especializados, aumentando sensivelmente a expectativa de cura dos pacientes.

    Centro de Transplante de Medula Óssea do GRAACC – o Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (GRAACC) foi criado para garantir a adolescentes e crianças com câncer, dentro do mais avançado padrão científico, o direito de alcançar todas as chances de cura com qualidade de vida. O Centro de Transplante foi construído e equipado com recursos doados por meio de campanhas do Instituto Ronald McDonald para a realização de transplantes.
    Projeto Vida – foi criado em 1998 pela Casa Durval Paiva com o objetivo de conhecer in loco a situação das famílias assistidas, identificando através de visitas domiciliares as carências e necessidades existentes, tentando saná-las ou diminuí-las, proporcionando assim o resgate de cidadania e a qualidade de vida dos pacientes e seus familiares. O projeto proporciona melhores condições físico-sanitárias aos domicílios dos pacientes, por meio de construções e reformas, além de visitas sociais com entrega de doações.

    Projeto Vida – foi criado em 1998 pela Casa Durval Paiva com o objetivo de conhecer in loco a situação das famílias assistidas, identificando através de visitas domiciliares as carências e necessidades existentes, tentando saná-las ou diminuí-las, proporcionando assim o resgate de cidadania e a qualidade de vida dos pacientes e seus familiares. O projeto proporciona melhores condições físico-sanitárias aos domicílios dos pacientes, por meio de construções e reformas, além de visitas sociais com entrega de doações.

    Programa Bolsa de Alimentos – é um projeto da Casa Ronald McDonald Rio de Janeiro que se destina a crianças e adolescentes que não estão hospedados na unidade e são encaminhados pelo serviço social do hospital, onde está sendo realizado o tratamento. As famílias recebem cestas básicas para garantir a alimentação contínua e adequada. O Bolsa de Alimentos recebeu o prêmio Best Bets 2007, categoria Projeto Social, na Conferência Internacional da Ronald McDonald House Charities (RMHC).

    Grupos Cooperativos da Sobope – o Instituto apoia e investe em iniciativas e eventos científicos como o Encontro Nacional de Grupos Cooperativos Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (Sobope), que reúne oncologistas pediátricos de todo o país para debaterem o aperfeiçoamento dos protocolos para tratamento de crianças e adolescentes com câncer.

    Instituto de Pediatria do Hospital Boldrini – a 25ª edição da campanha McDia Feliz, realizada em 2013, beneficiou algumas instituições entre as quais o Centro Infantil Boldrini, em Campinas. A verba arrecadada foi aplicada pelo Centro Boldrini no projeto Saúde Materno Infantil, que tem como objetivo o estudo dos fatores ambientais e o câncer da criança. Gestantes são avaliadas quanto à exposição a uma série de produtos, sendo submetidas a questionários epidemiológicos, já padronizados internacionalmente. Após o nascimento, nos primeiros 18 meses de vida, novas exposições são avaliadas nos bebês.

    Centro de Tratamento de Câncer do Hospital da Criança de Brasília – o projeto de construção do novo hospital para tratamento de crianças e adolescentes com câncer foi resultado da mobilização da sociedade e contou com recursos de apoiadores como o Instituto Ronald McDonald que, desde 1999, investiu R$5,4 milhões por meio de iniciativas como o McDia Feliz e os cofrinhos, para a construção da ala oncológica e compra de equipamentos. A unidade médica oferece consultas e cirurgias ambulatoriais, diagnóstico básico, quimioterapias e novos serviços como diálise, cirurgias e procedimentos ambulatoriais para doenças crônicas, inclusive o câncer, sob sedação em ambientes próprios para o público infantil e juvenil.

    Construção e reforma do Hospital da APP – A Associação Peter Pan (APP) inaugurou um Centro Pediátrico na cidade de Fortaleza, em parceria com o Instituto Ronald McDonald e com o Projeto Casa da Criança, o Centro Pediátrico do Câncer destinado ao atendimento de crianças e adolescentes com câncer da região do Ceará. A obra foi viabilizada através de doações, parcerias com a iniciativa privada e de recursos destinados pelo Instituto Ronald McDonald que totalizaram mais de R$ 2,3 milhões. Com 3.246 metros quadrados de área construída, o Centro Pediátrico do Câncer é composto de 69 leitos, todos projetados e decorados com a colaboração de mais de 70 profissionais de ambiente (arquitetos, designers, paisagistas, decoradores e artistas plásticos). São 24 leitos de Quimioterapia Intensiva, 16 leitos de Quimioterapia Dia, 22 leitos destinados à internação, 07 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), consultórios médicos, espaço do adolescente, brinquedoteca, projeto ABC Saúde, playground, jardins, atendimento psicológico e demais serviços hospitalares.

    Transporte para pacientes – graças ao Troco Premiado, uma parceria Instituto Ronald McDonald e Icatu Seguros, a Casa Ronald McDonald Belém adquiriu um microônibus para garantir o transporte de crianças e adolescentes em tratamento do câncer, com mais segurança e conforto. A conquista é mais uma das formas de ação do Instituto em prol da qualidade de vida da criança e do adolescente com câncer.

     

    O QUE NÓS FAZEMOS

    Conheça mais sobre os nossos programas

    IRM Histórias

    • overlay

      Mariele Costa da Silva

      X

      A história de Mariele é muito especial, pois ela foi uma das primeiras crianças a usufruir da Casa Ronald McDonald Belém, uma casa de apoio feita com muito carinho para receber pacientes que chegam à capital do Pará para tratamento. Vale lembrar que, segundo dados do Inca (Instituto Nacional d... (Continuar lendo sobre Mariele Costa da Silva)

    • overlay

      JULIA FARIA

      X

      Em 2008, Julia Moreno Faria, hoje com 13 anos (2021), foi diagnosticada com glicogenose hepática 1B. Em 2014, um novo diagnóstico: mielodisplasia. Julia, apesar de ser nascida no Rio de Janeiro, é hospede da Casa Ronald McDonald Campinas, no interior de São Paulo, e ainda continua seu tratamento... (Continuar lendo sobre JULIA FARIA)

    • overlay

      FAMÍLIA NEVES

      X

      A história da Família Neves começou com a história de uma família comum: pai, mãe e dois filhos que viviam no bairro da Tijuca e levavam uma vida tradicional. Trabalho, escola, lazer no Tijuca Tênis Clube e futebol com a torcida pelo Vasco da Gama. Mas esta história começou a tomar um novo ... (Continuar lendo sobre FAMÍLIA NEVES)

    • overlay

      Maria Vitória Gomes Ferreira

      X

      Maria Vitória tem apenas 11 anos, mas já passou por muita coisa na vida. Quando tinha apenas cinco aninhos foi diagnosticada com um tumor cerebral. Ela teve que mudar radicalmente sua rotina. Saiu do pequeno município de Rio Crespo, em Rondônia, no norte do país, para uma grande cidade com o... (Continuar lendo sobre Maria Vitória Gomes Ferreira)

    • overlay

      JUAN YURE

      X

      Da cidade de Fortaleza, no Ceará, Juan Yure Carneiro das Chagas, com apenas 12 anos, já enfrentou obstáculos que poderiam desestruturar qualquer pessoa adulta. Depois de uma inocente brincadeira entre amigos, Juan descobriu uma alteração no osso femoral. A partir dessa constatação, ele foi di... (Continuar lendo sobre JUAN YURE)

    • overlay

      MACISTER JUSTINO

      X

      Aos 17 anos, com um caderno de desenhos e lápis de cor nas mãos, Macister Junior Justino chegou na Casa Ronald McDonald Campinas, umas das sete unidades do Programa Casa Ronald McDonald em operação no Brasil. O jovem foi diagnosticado com Linfoma de Hodgkin – um câncer no sistema linfático -... (Continuar lendo sobre MACISTER JUSTINO)

    • overlay

      HELOISA GEMELLI

      X

      Em maio de 2017, aos 14 anos, Heloisa Gemelli, de Cascavel, no Paraná, foi diagnosticada com Linfoma de Hodgkin. Seu pai, Alessandro, médico, já havia sido capacitado pelo Programa Diagnóstico Precoce do Instituto Ronald McDonald (o Programa, em 10 anos, já capacitou mais de 26 mil profissionai... (Continuar lendo sobre HELOISA GEMELLI)

    • overlay

      OSCAR E ANA BEATRIZ

      X

      Ana Beatriz, 19, andava inquieta pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém - PA. Ela não gostava de ficar muito tempo no quarto. Internada para fazer exames relacionados ao Teratoma de Ovário, em 2017, quando conheceu a Vilma, que estava com o filho internado. Ele,... (Continuar lendo sobre OSCAR E ANA BEATRIZ)

    • overlay

      JUAN CARLOS

      X

      Em 2011, aos 10 anos, Juan Carlos de Araújo Moreira foi diagnosticado com câncer: 10 tumores malignos e uma metástase no pulmão. Hoje, aos 18 anos, ele está curado, é estudante de técnico de informática, está no seu primeiro emprego e tem o sonho de estudar fora do país. Juan mora em Campo... (Continuar lendo sobre JUAN CARLOS)

    • overlay

      Vicente e Antônio

      X

      "Eu falo para todo mundo que meu filho foi muito bem recebido na Casa Ronald McDonald Belém. É um lugar muito organizado, que nos recebeu de braços abertos. Estou muito feliz de estar aqui com ele". O relato emocionado é do Vicente Nascimento, pai do Antônio Márcio Nascimento, de 13 anos, q... (Continuar lendo sobre Vicente e Antônio)

    Conheça as

    Famílias

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

    Inscreva-se para receber todas as atualizações do Instituto Ronald McDonald