close.png

Newsletter SignUp

Inscreva-se no nosso eNewsletter para ler histórias inspiradoras de nossas famílias e aprenda como seu apoio ajuda as crianças a se curarem.

  •  
  • Erro

    Não foi possível recuperar seus dados devido a um erro.

  • close.png thank_you.png
    OBRIGADO POR INSCREVER-SE

    Estamos muito satisfeitos por você ter decidido se juntar à nossa família. Hoje, você se juntou a um movimento global que permite que as famílias se concentrem no que é mais importante - o filho doente - enquanto cuidamos do resto!

    Seus amigos na Ronald McDonald House Charities
     

    Nossa Relação com o Sistema McDonald’s

    O Sistema McDonald’s, composto pela McDonald’s Corporation e Ronald McDonald House Charities, Arcos Dorados, franqueados e fornecedores, é um parceiro fundador do Instituto Ronald McDonald.

    Ronald McDonald House Charities (RMHC)

    O Instituto Ronald McDonald faz parte do sistema beneficente global Ronald McDonald House Charities (RMHC), responsável pela concessão do uso da marca Ronald McDonald e coordenação dos Programas Globais Casa Ronald McDonald e Espaço da Família Ronald McDonald.

    Sediada em Chicago, nos Estados Unidos, a RMHC conta com o suporte do sistema McDonald’s e de outros doadores corporativos e individuais, o apoio de médicos e voluntários, o que possibilita oferecer programas e serviços ligados à saúde e bem-estar para milhões de crianças e suas famílias em todo o mundo, com o intuito de manter as famílias unidas durante todo o tratamento. No Brasil, os programas globais da RMHC – Programa Casa Ronald McDonald e Programa Espaço da Família Ronald McDonald – coordenados pelo Instituto Ronald McDonald.

    Como surgiu a RMHC
    Kim Hill era uma menina quando foi diagnosticada com leucemia em 1971. O caso acabou ganhando visibilidade pois seu pai, Fred, era jogador de futebol americano no Philadelphia Eagles.

    Toda a comunidade se articulou pelo tratamento de Kim, inclusive o McDonald’s. A empresa destinou parte da arrecadação do Shamrock Milkshake para uma ação social, que beneficiou Kim e outros pacientes.

    O resultado foi um sucesso: o valor integral do produto vendido durante uma semana foi doado, ajudando a viabilizar a compra e reforma de um imóvel próximo ao hospital onde Kim realizava seu tratamento, de forma a torná-lo uma casa de apoio para pacientes e seus acompanhantes que precisam sair de suas cidades de origem para tratar alguma grave enfermidade. Esta “casa longe de casa” na Filadélfia se tornou a primeira Casa Ronald McDonald do mundo, programa da Ronald McDonald House Charities (RMHC) que oferece hospedagem e apoio psicossocial a jovens e suas famílias.

    As ações só cresceram e se tornaram uma rede de solidariedade presente em mais de 60 países, com três programas em benefício da saúde e bem-estar de crianças e adolescentes em todo o mundo: o Programa Casa Ronald McDonald, o Espaço da Família Ronald McDonald e a Unidade Móvel Ronald McDonald (Care Mobile).

    RMHC Na América Latina
    A Ronald McDonald House Charities está presente em 14 países da América Latina e Caribe com programas e projetos que beneficiam jovens pacientes com inúmeras enfermidades, juntamente com suas famílias.

    Em números:

    • 64 países e regiões
    • 367 Casas Ronald McDonald
    • 249 Espaços da Família Ronald McDonald
    • 50 Unidades Móveis Ronald McDonald
    • 3,5 milhões de pacientes e famílias atendidas em todo o mundo

    (Fonte: RMHC 2018)
    Saiba mais em: www.rmhc.org

    Arcos Dorados

    O McDonald’s é uma das maiores e mais conhecidas empresas de fast-food do mundo. No Brasil, a rede é operada desde 2007 pela Arcos Dorados, a maior franquia McDonald’s do mundo, tanto em vendas totais quanto em número de restaurantes. A companhia é também a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe, com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios da região.
    A Arcos Dorados é uma das principais mantenedoras e apoiadoras do Instituto Ronald McDonald. Não só a empresa e seus funcionários, mas todo o sistema McDonald’s (fornecedores e franqueados) se mobiliza para o apoio ao Instituto por meio de parcerias institucionais, divulgação e ações de captação de recursos. A mais conhecida delas é o McDia Feliz, no qual a empresa doa parte do valor do sanduíche Big Mac (individual ou McOferta) para ações pela cura do câncer infantil e juvenil.

    • Parcerias em ações de arrecadação de recursosO sistema McDonald’s contribui com recursos financeiros por meio de campanhas como o McDia Feliz e Cofrinhos.
    • Comunicação com clientes nos restaurantesAs tradicionais lâminas de bandeja são uma importante mídia para a divulgação das ações institucionais do Instituto Ronald McDonald, dando visibilidade ao McDia Feliz durante o mês de agosto e prestando contas dos resultados.
    • Comunicação com funcionários McDonald’sMotivar os mais de 50 mil funcionários da rede McDonald’s Brasil, distribuídos em mais de 900 restaurantes por todo o país, é um desafio para o Instituto Ronald McDonald. O sucesso das diversas iniciativas realizadas deve-se muito à motivação e ao empenho deles, parceiros e multiplicadores das ações em prol de adolescentes e crianças com câncer. Constantemente, o Instituto promove campanhas de incentivo sobre a Campanha dos Cofrinhos, a distribuição de materiais de comunicação sobre o McDia Feliz. Além de envolver os funcionários em visitas à projetos apoiados pelo Instituto em todo o país.
    • Ações InstitucionaisOs fornecedores do Sistema McDonald’s são grandes aliados do Instituto Ronald McDonald pela cura do câncer infantojuvenil. Algumas das empresas se tornaram parceiras da causa e fazem doação para a manutenção das atividades e a execução de programas coordenados pelo Instituto.

    Fornecedores

    Os fornecedores do Sistema McDonald’s são grandes aliados do Instituto Ronald McDonald pela cura do câncer infantojuvenil. Algumas das empresas se tornaram parceiras da causa e fazem doação para a manutenção das atividades e a execução de programas coordenados pelo Instituto.

    Franqueados e a Associação Brasileira de Franqueados McDonald’s

    Os franqueados brasileiros do Sistema McDonald’s são fundadores e grandes apoiadores da causa do câncer infantojuvenil por meio das ações lideradas pelo Instituto Ronald McDonald. Eles fazem doações, atuam como voluntários e conselheiros.

    O Instituto Ronald McDonald e a Associação Brasileira de Franqueados McDonald’s possuem uma longa história de parceria pela causa do câncer infantojuvenil. Franqueados de todo o Brasil atuam como voluntários para representar interesses do Instituto junto a governos locais, parceiros e unidades médicas e instituições locais, atuando como agentes na transformação do cenário da oncologia pediátrica no país. Alguns dos franqueados também doam seu tempo e expertise como membros voluntários dos conselhos da organização.

    O Programa de Embaixadores do Instituto Ronald McDonald, criado em 2007, é mais uma evidência do engajamento dos Franqueados McDonald’s em prol de adolescentes e crianças com câncer no Brasil. Atualmente, 17 Franqueados formam o grupo de Embaixadores do Instituto Ronald McDonald:

    1. Barretos – Rubens Fragoso
    2. Belém – Kemel Kalif
    3. Belo Horizonte – Edmundo Massoni
    4. Brasília – Nadim Haddad
    5. Campinas – José Saltini
    6. Cuiabá – Laura Oliveira
    7. Curitiba – Márcio Moreira
    8. Florianópolis – João Carlos Ribeiro
    9. Fortaleza – Adolfo Bichucher
    10. Jahu – Emerson Hortolan
    11. Porto Alegre – Antônio Rocha
    12. Rio de Janeiro – Peter Adania Wetzlar
    13. Salvador – Frederico Luz
    14. Santo André – José Luís Pacheco
    15. São José dos Campos – Valdécio Costa
    16. São Paulo – David Procaccia
    17. Sorocaba – Cláudio Costa
    Apesar de todo o apoio, é importante ressaltar que o Sistema McDonald’s não é responsável pela totalidade de doações que o Instituto Ronald McDonald precisa para funcionar, o que faz com que a organização esteja permanentemente em busca de novas parcerias.

    O QUE NÓS FAZEMOS

    Conheça mais sobre os nossos programas

    IRM Histórias

    • overlay

      Mariele Costa da Silva

      X

      A história de Mariele é muito especial, pois ela foi uma das primeiras crianças a usufruir da Casa Ronald McDonald Belém, uma casa de apoio feita com muito carinho para receber pacientes que chegam à capital do Pará para tratamento. Vale lembrar que, segundo dados do Inca (Instituto Nacional d... (Continuar lendo sobre Mariele Costa da Silva)

    • overlay

      JULIA FARIA

      X

      Em 2008, Julia Moreno Faria, hoje com 13 anos (2021), foi diagnosticada com glicogenose hepática 1B. Em 2014, um novo diagnóstico: mielodisplasia. Julia, apesar de ser nascida no Rio de Janeiro, é hospede da Casa Ronald McDonald Campinas, no interior de São Paulo, e ainda continua seu tratamento... (Continuar lendo sobre JULIA FARIA)

    • overlay

      FAMÍLIA NEVES

      X

      A história da Família Neves começou com a história de uma família comum: pai, mãe e dois filhos que viviam no bairro da Tijuca e levavam uma vida tradicional. Trabalho, escola, lazer no Tijuca Tênis Clube e futebol com a torcida pelo Vasco da Gama. Mas esta história começou a tomar um novo ... (Continuar lendo sobre FAMÍLIA NEVES)

    • overlay

      Maria Vitória Gomes Ferreira

      X

      Maria Vitória tem apenas 11 anos, mas já passou por muita coisa na vida. Quando tinha apenas cinco aninhos foi diagnosticada com um tumor cerebral. Ela teve que mudar radicalmente sua rotina. Saiu do pequeno município de Rio Crespo, em Rondônia, no norte do país, para uma grande cidade com o... (Continuar lendo sobre Maria Vitória Gomes Ferreira)

    • overlay

      JUAN YURE

      X

      Da cidade de Fortaleza, no Ceará, Juan Yure Carneiro das Chagas, com apenas 12 anos (2021), já enfrentou obstáculos que poderiam desestruturar qualquer pessoa adulta. Depois de uma inocente brincadeira entre amigos, Juan, ainda com seis anos, descobriu uma alteração no osso femoral. A partir de... (Continuar lendo sobre JUAN YURE)

    • overlay

      MACISTER JUSTINO

      X

      Aos 17 anos, com um caderno de desenhos e lápis de cor nas mãos, Macister Junior Justino chegou na Casa Ronald McDonald Campinas, umas das sete unidades do Programa Casa Ronald McDonald em operação no Brasil. O jovem foi diagnosticado com Linfoma de Hodgkin – um câncer no sistema linfático -... (Continuar lendo sobre MACISTER JUSTINO)

    • overlay

      HELOISA GEMELLI

      X

      Em maio de 2017, aos 14 anos, Heloisa Gemelli, de Cascavel, no Paraná, foi diagnosticada com Linfoma de Hodgkin. Seu pai, Alessandro, médico, já havia sido capacitado pelo Programa Diagnóstico Precoce do Instituto Ronald McDonald (o Programa, em 10 anos, já capacitou mais de 26 mil profissionai... (Continuar lendo sobre HELOISA GEMELLI)

    • overlay

      OSCAR E ANA BEATRIZ

      X

      Ana Beatriz, 19, andava inquieta pelos corredores do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém - PA. Ela não gostava de ficar muito tempo no quarto. Internada para fazer exames relacionados ao Teratoma de Ovário, em 2017, quando conheceu a Vilma, que estava com o filho internado. Ele,... (Continuar lendo sobre OSCAR E ANA BEATRIZ)

    • overlay

      JUAN CARLOS

      X

      Em 2011, aos 10 anos, Juan Carlos de Araújo Moreira foi diagnosticado com câncer: 10 tumores malignos e uma metástase no pulmão. Hoje, aos 18 anos, ele está curado, é estudante de técnico de informática, está no seu primeiro emprego e tem o sonho de estudar fora do país. Juan mora em Campo... (Continuar lendo sobre JUAN CARLOS)

    • overlay

      Vicente e Antônio

      X

      "Eu falo para todo mundo que meu filho foi muito bem recebido na Casa Ronald McDonald Belém. É um lugar muito organizado, que nos recebeu de braços abertos. Estou muito feliz de estar aqui com ele". O relato emocionado é do Vicente Nascimento, pai do Antônio Márcio Nascimento, de 13 anos, q... (Continuar lendo sobre Vicente e Antônio)

    Conheça as

    Famílias

    FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES

    Inscreva-se para receber todas as atualizações do Instituto Ronald McDonald