15 anos: Conheça a história do Instituto Ronald McDonald

Publicado 14 de abril de 2014 em

No dia 8 de abril, o Instituto Ronald McDonald completou 15 anos de dedicação à causa do câncer infantojuvenil. Desde sua fundação em 1999, a organização faz parte do sistema beneficente global Ronald McDonald House Charities (RMHC) que está presente em 58 países e tem como missão criar e apoiar programas que melhoram diretamente a saúde e o bem-estar de crianças e adolescente de todo mundo.

O Instituto Ronald McDonald tem ajudado a transformar a história da oncologia pediátrica brasileira. Nesses 15 anos, tem atuado em prol da cura do câncer infantojuvenil. A doença é a primeira causa de morte por enfermidade na faixa etária de 5 a 19 anos, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA). Os programas apoiados pelo Instituto Ronald McDonald beneficiam anualmente cerca de 30 mil crianças adolescentes e seus familiares. Com isso, a instituição tem contribuído para aumentar as chances de cura da doença que há 30 anos era de cerca de 15% e atualmente passa de 65%, podendo chegar a 85% em alguns casos, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Segundo o superintendente do Instituto Ronald McDonald, Francisco Neves, a organização trabalha com a articulação de uma rede de instituições parceiras que atuam pela mesma causa nas diversas regiões geográficas brasileiras e destina recursos a projetos de construção e reforma de casas de apoio e unidades médicas, compra de equipamentos e veículos, capacitação profissional e apoio psicossocial a pacientes e familiares, entre muitos outros.

“Estamos muito orgulhosos por celebrar esses 15 anos, mas nossas conquistas continuam ano após ano. Com toda a mobilização, temos condições e queremos cada vez mais mudar o cenário da doença no Brasil, afinal é preciso erradicar o câncer infantojuvenil e humanizar o tratamento com o carinho e a atenção que nossas crianças e adolescentes merecem”, afirma Francisco.

Envolvimento com a causa

À frente do Instituto Ronald McDonald, o superintendente Francisco Neves, iniciou seu envolvimento com a causa por meio de uma experiência pessoal.

 

O seu filho mais jovem foi diagnosticado com câncer e para o seu tratamento não havia esperanças no Brasil. Amigos e parentes da família se mobilizaram para ajudar e fazer com que buscassem tratamento no exterior. Por três meses, enquanto o filho se tratava no Memorial Hospital de Nova York, a família ficou hospedada em uma Casa Ronald McDonald. Infelizmente, o garoto não resistiu, mas a família junto a parentes e amigos iniciou uma luta para que crianças e adolescentes com câncer e seus familiares tivessem no Brasil as mesmas condições de tratamento e apoio. Com o ocorrido, ele buscou iniciativas para ajudar outras famílias cujos filhos recebem o diagnóstico da doença. E assim foi fundada a primeira Casa Ronald McDonald do Brasil e, posteriormente, o Instituto Ronald McDonald.

  • Número de projetos nestes 15 anos: 1284
  • Número de instituições apoiadas em 15 anos: 116
  • Número de crianças e adolescentes beneficiados desde 1999: cerca de 2,8 milhões
  • Valor destinado a projetos pela cura do câncer infantojuvenil desde 1999: cerca de R$100 milhões de reais (99,3 milhões segundo levantamento da área de projetos).
  • Número de instituições cadastradas atualmente: 81
  • Número de funcionários do Instituto atualmente: 27

Assista ao vídeo comemorativo dos 15 anos do Instituto Ronald McDonald.


Instituições cadastradas no Instituto Ronald McDonald